top of page
Buscar

Boxeadores do SESI/Prefeitura de Sorocaba são vice-campeões do 2° Beer Fight Music

A 2° edição do Beer Fight Music aconteceu neste sábado, dia 28 de outubro, na Cervejaria Invicta, localizada na avenida do Café, 1881 – Vila Tibério em Ribeirão Preto-SP. O evento atraiu grande um público, visto que reuniu boxe, música, comida e cerveja artesanal num só lugar, formato esse que vem crescendo e se popularizando cada dia mais, no Brasil expandiu ainda mais após o enorme sucesso e visibilidade nos últimos tempos do ‘Fight Music Show’, maior evento de lutas entre influenciadores para entretenimento da américa latina.

O evento em Ribeirão Preto começou sábado logo cedo para os organizadores e boxeadores, com a pesagem oficial dos atletas. Mais tarde, às 14:30h deram início efetivamente na programação das mais de 10 lutas entre atletas das mais diversas equipes do interior paulista, entre categorias femininas e masculinas, onde 4 foram disputas de cinturão que contaram com a chancela da Federação de Boxe do Estado de São Paulo (FEBESP). Além disso, a programação também contou com um tributo da banda do rapper DZ6, em homenagem a banda do falecido Charlie Brown.


A equipe SESI-SP / Prefeitura de Sorocaba foi convidada e participou do evento com 3 boxeadores, acompanhados pelo treinador Vladimir Juliano de Godoi e seu auxiliar técnico Juliano Ramos. Partiram de Sorocaba às 6h da manhã e percorreram um longo caminho até chegar ao destino da pesagem oficial e competição.

O primeiro sorocabano a subir no ringue foi Vitor Melo, que enfrentou Bruno Vinicius da equipe Team Montanha, na categoria meio médio (até 67kg), no qual Melo apresentou um bom desempenho em sua distância, mas não conseguiu fazer o suficiente para obter um bom resultado;


Já na luta seguinte, na categoria até 86kg, Gustavo Ribeiro fez uma bela luta contra Mateus Castro, da equipe Núcleo de lutas/CT Castaldelli. Gustavo conseguiu impor muito bem seu trabalho, mesmo com um adversário mais alto e com uma vantagem da maior envergadura, além de ser seu segundo combate oficial, o que mostra o grande potencial que possui.


E o principal combate da equipe foi a disputa pelo cinturão da categoria cruzador (até 86kg), aonde Luiz Felipe Carvalho disputou com Luiz Paulo (Núcleo de lutas/CT Castaldelli) e Carvalho conseguiu impor muito bem seu famoso estilo de pressão na média e curta distância de combate, dominando seu oponente durante o 2° e 3° round, mas ainda assim os resultados dos juízes não foram a seu favor e o cinturão se manteve com o atleta da casa.


"O evento de sábado teve uma boa estrutura e foi muito bom para me preparar para o próximo campeonato. Aceitei lutar numa categoria acima da minha, sobre a luta não saí com o resultado que gostaria, mas sei que o meu trabalho foi muito bem-feito, pois saí da luta com aplausos e gritos da torcida pela ótima luta que fiz.", comentou o atleta Luiz Carvalho.

O professor Vladimir Juliano de Godoi acrescentou: "No sábado a gente teve em Ribeirão Preto os resultados desagradáveis, principalmente pela questão da arbitragem muito ruim, falhou de maneira grandiosa em 2 lutas nossas, inverteram resultado descaradamente, mas paciência, todo mundo está sujeito a isso. É chato e triste, mas infelizmente acontece, então é levantar a cabeça e ir para frente porque essa semana a gente já tem outro compromisso importantíssimo no Rio de Janeiro que é a Copa do mundo de clubes de boxe e já não dá tempo de chorar o leite derramado, viemos de um Jogos Abertos muito bom, o desempenho foi muito bom e nesta competição também.

No Beer fight Music, o Luiz mais uma vez fez uma excelente luta, bateu muito no adversário, principalmente no 2° e 3° round só deu ele, era para ter ganho o último round de 10 a 8 tranquilamente e ter perdido por decisão dividida dos juízes surpreendeu a gente, boa parte das pessoas do público, treinadores depois vieram falar, mas enfim, eu só pedi para os atletas manterem o estado de ânimo controlado para não ficar fazendo escarcéu, nem entrando em pilha nenhuma, só de modo respeitoso a gente desceu e vamos continuar em frente, voltamos para Sorocaba com algo ‘entalado na garganta’, mas sem desrespeitar e nem ser mal-educado com ninguém. Mas foi assim, o Luiz fez realmente uma bela luta, foi muito bom, o resultado foi ridículo, mas a competição foi boa para nós.

O Gustavo Ribeiro também teve um comportamento muito bom, foi a segunda luta dele e já foi muito bem, com um adversário bom e ele teve seus momentos de potência e conseguiu atacar bem o adversário, mas infelizmente também acabou perdendo por decisão dividida.

E o Melo que infelizmente acabou perdendo a luta dele por decisão unânime, ele teria condições de vencer a luta, era superior ao adversário, mas não sei o que aconteceu, não consegui trabalhar com ele direito o emocional, estava diferente, não conseguiu fazer uma boa leitura e mostrar o boxe que tem e assim perdemos a luta. Mas a luta do Gustavo e Luiz infelizmente a gente teve um revés complicado devido a arbitragem e os três lutaram com atletas da casa, então nós éramos os desafiantes.”

A equipe sorocabana de boxe SESI-SP / Prefeitura de Sorocaba, é mantida pela Liga Sorocabana de Boxe e Artes Marciais – Lisoboxe e conta com o apoio do SESI-SP, Prefeitura de Sorocaba, Escritório Contábil Sorocaba, Adidas Combat Sport, MKS Combat, Ghimper Academias e Centro Avançado de Fisioterapia.

Para o público que desejar assistir aos combates da equipe SESI-SP / Prefeitura de Sorocaba no 2° Beer Fight Music, podem acessar a transmissão ao vivo que ficaram salvas no Instagram da Lisoboxe, através dos links abaixo:

  • Luta do Vitor Melo e Gustavo Ribeiro:

  • Luta do Luiz Carvalho:



7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page